Diários de Brasília n°2: Saudade

é a primeira viagem que faço sem você. a primeira viagem que faço sem “laços” e, de certa forma, sem culpas. é a minha primeira viagem sem telefone de contato, sem check-ins diários, sem porto seguro me esperando em casa para quando eu voltar. a primeira das primeiras – todas as primeiras coisas são ruins – sem abraço de retorno e sem lágrimas de partida. teremos outras lágrimas, claro, mas não serão acridoces. vou de coração limpo para essa viagem, mas não vou de coração leve. muito pelo contrário: levo no peito o peso das memórias, da sua voz de conselho falando para eu não beber demais e, com um certo pesar, de que sentirá saudades.

minha mala, minhas chaves de casa, meu caderno… as memórias de você: minhas únicas bagagens (dessa vez).

Advertisements

now, your turn!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s