divagando

o cabelo, crescido, me incomoda no calor e se ondula no topo da cabeça. cachos grossos, como há anos não tenho. minha pele está morena do fim-de-semana de loucura e sol. me sinto melhor ao pensar que posso ser l’enfant sauvage, ainda que por alguns poucos dias, que posso perder o controle. porém, ainda que me agradem as viagens de carro, os banhos nus de piscina e as perdas constantes do controle, não consigo viver no completo desapego das coisas. o lar me faz falta, a sensação de que controlo algo no meu próprio destino, que posso, que farei. às vezes considero culpa católica, outras considero delusion of grandeur. faz muito calor. os cachos, grandes, grudam na nuca. a nicotina me faz uma falta terrível, dá dor de cabeça. compenso com café e chocolate. me sinto mal, mas me sinto bem. tenho paixão, mas não sou tão mais apaixonada. o para sempre encurtou-se, percebo, e aposto, ganho e perco, a toda hora, minha vida.

Advertisements

now, your turn!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s