hoje, nesta ilha, aconteceu um milagre

ou não. não sei.
sei que nessa minha cidade choveu muito, alagou. no maracanã era água até a cintura. acabou a luz até… me senti inválida sem a tecnologia. é triste, realmente.

e, falando em apocalipse, as calçadas ontem pareciam saídas de um filme de zumbis. lixo, terra, água preta. hoje ainda vi vestígios… para ir pro bar tive que passar por uma ponte de tábuas, de um meio-fio ao outro, por cima de um rio preto de esgoto e sabe-se-lá-o-quê. estava fedendo a sopa de merda (momento bukowski) mas as putas não se importaram. colocaram música e beberam cerveja, fumaram derby e paqueraram… (momento bukowski 2)

***
e recomecei a ler o kerouac no horário sem luz. e agora chove de novo. sempre fico meio melancólica quando leio kerouac, quando leio sobre os EUA daquele tempo, as cidades pequenas, as crianças choronas, a apple pie por 5 cents e o café de um níquel. não sei porque fico assim – talvez tenha algo com a minha vida passada.

***
meu querido diário. é terapêutico.

Advertisements

now, your turn!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s